Caminhando e Cantando,Sem Lenço e sem Documento…

dilmaCaminhando e cantando  , contra o vento , sem lenço e sem documento   milhares de jovens sonhadores, que não perderam  o senso de indignação saíram às  ruas  reividicando  pelo que sobrou de  futuro  que a  maioria de nós adultos  nos omitimos de  reclamar .Esta  nova geração é uma geração que pode não ter idade  de  debater sociologia, filosofia  ,teorias ou algo mais , mas traz na alma  as sementes de reconstrução do planeta  em bases éticas, sólidas e coletivas  , desconstruindo o antigo paradigma do egoísmo ou da  alienação que nos embalou em berço esplêndido até o dia de hoje.

Eis que me deparo num dilema , como falar  de religião-sabedoria  sem misturar com   a política–poder temporal  e sem macular os reais objetivos e ideais  da alma reencarnada que é aprender a amar , compreender, trabalhar e servir? Na própria  pergunta  a resposta se apresenta. A própria religião é uma manifestação política do indivíduo …só que política com “p” maiúsculo e não aquela famigerada política com “p” minúsculo , político partidária cheia de fisiologismo , “toma-lá-da-cá”…sim a promoção coletiva.

A política do Mestre Jesus  é a do engajamento na vida, participando e celebrando da partilha do abraço  e do pão, do vinho  e da solidariedade…não apenas da compaixão. Não adianta me compadecer com os que passam fome  e subdesenvolvimento , sem escola e sem teto  e me calar diante das injustiças que criam o mecanismo de opressão. Tenho que ser solidário , não dando o peixe , mas ensinando a fazer a vara  e ensinar  a técnica de pescar. Assim fazendo-o  , promovo o indivíduo para que ele ajude a libertar outros seres da indigência material e  espiritual em que  se encontram.

Ensina o  Amado Mestre , que  quem veste , dá de comer ou de beber  ou visita um dos pequeninos  , é  a ele , Jesus , que  beneficiamos. Quer demonstrar  com isso que fora  do “ amor incondicional  não  há salvação” . Mas como pode a boca  falar de  amor se  os gestos demonstram o contrário? Se o medo de se comprometer com a política de Deus (de proteger o ignorante , o indigente, o simples  e o pequenino  , irmão nosso ) for maior do que a coragem de denunciar o erro e anunciar  a solução , pacificamente , então teremos nossas mãos sujas de sangue  destes irmãos.

A reencarnação é o perdão em movimento .Se Deus perdoa , nós também precisamos nos perdoar socialmente, solidarizando-nos uns com os outros….irmão promovendo irmão.

Saúde  e educação de qualidade ,promoção social , transporte coletivo de alto padrão , transparência  política, auditoria regular das contas públicas , direito de questionar  os rumos do país , etc e etc são direitos inalienáveis de qualquer cidadão. O menor  abandonado  de ontem é o bandido que dispara  a mão armada no sinal  de hoje…e eu acredito que você  queira dizer que é culpa do governo e dele apenas a responsabilidade , não é mesmo? Não , …não é! É sua e minha também …nosso  silêncio e omissão de ontem  provocaram o caos de hoje com todos os mandos e desmandos   e o mar de lama que permitimos que se acumulasse pelos quatro cantos do país.

O Cristo adverte que “aquele que usar da espada, pela espada perecerá”..significando que  jamais deveríamos usar de  meios violentos para demonstrar nosso pontos de vista.Mas também advertiu que “ seja o seu falar sim,sim   ou não , não…o que passar disso provém do maligno” , querendo dizer que o reino dos céus da consciência iluminada , não pertence àqueles que ficam calados  e em cima do muro , observando a banda passar e a história  acontecer.Pertence àqueles  que promovem ativamente a paz .

A omissão é crime  e ser cúmplice das mazelas que criticamos só depende do seu silêncio. Não confunda manifestantes com baderneiros e vândalos. Manifeste-se nem que seja por redes sociais.

As recentes conquistas  em que o governo recuou em suas autoritárias propostas e  afirmar querer negociar com a sociedade só significa que   o bem só vence o mal  se o bem descruzar os braços.

Lembre-se de que o mal só predomina no mundo …porque os bons são omissos.”

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

MOMENTOS DE TRANSIÇÃO…VOCÊ ESTÁ NELE!

TEXTO DE DIVALDO FRANCO

             SOBRE O CLAMOR POLÍTICO DOS BRASILEIROS

Segue texto de autoria de Divaldo Franco publicado no Jornal A Tarde de hoje, 20/06/13, sobre as manifestações estudantis pelo Brasil. ( http://bit.ly/11SIhcg )

DIVALDO2“Quando as injustiças sociais atingem o clímax e a indiferença dos governantes pelo povo que estorcega nas amarras das necessidades diárias, sob o açodar dos conflitos íntimos e do sofrimento que se generaliza, nas culturas democráticas, as massas correm às ruas e às praças das cidades para apresentar o seu clamor, para exigir respeito, para que sejam cumpridas as promessas eleitoreiras que lhe foram feitas…

Já não é mais possível amordaçar as pessoas, oprimindo-as e ameaçando-as com os instrumentos da agressividade policial e da indiferença pelas suas dores.

O ser humano da atualidade encontra-se inquieto em toda parte, recorrendo ao direito de ser respeitado e de ter ensejo de viver com o mínimo de dignidade.

Não há mais lugar na cultura moderna, para o absurdo de governos arbitrários, nem da aplicação dos recursos que são arrancados do povo para extravagâncias disfarçadas de necessárias, enquanto a educação, a saúde, o trabalho são escassos ou colocados em plano inferior.

A utilização de estatísticas falsas, adaptadas aos interesses dos administradores, não consegue aplacar a fome, iluminar a ignorância, auxiliar na libertação das doenças, ampliar o leque de trabalho digno em vez do assistencialismo que mascara os sofrimentos e abre espaço para o clamor que hoje explode no País e em diversas cidades do mundo.

É lamentável, porém, que pessoas inescrupulosas, arruaceiras, que vivem a soldo da anarquia e do desrespeito, aproveitem-se desses nobres movimentos e os transformem em festival de destruição.

Que, para esses inconsequentes, sejam aplicadas as corrigendas previstas pelas leis, mas que se preservem os direitos do cidadão para reclamar justiça e apoio nas suas reivindicações.

O povo, quando clama em sofrimento, não silencia sua voz, senão quando atendidas as suas justas reivindicações. Nesse sentido, cabe aos jovens, os cidadãos do futuro, a iniciativa de invectivar contra as infames condutas… porém, em ordem e em paz.”

* Divaldo Franco escreve às quintas-feiras, quinzenalmente.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

“Pai , Afasta de Mim Este Cale-se”

(Missão ou Omissão)

*Pano de fundo , medite na música “Cale-se”  de Chico Buarque de Holanda
cale-se2

No mundo contemporâneo , onde o futuro já chega apressado de tão atrasado , o ciclone das revoluções culturais vai passando e despertando energia de tsunamis de informações , que se não derrubam regimes totalitários , mudam costumes e interrompem negociatas por baixo dos panos, promovendo a discussão , semente para novos questionamentos. Em época de orkut, twitter e facebook , informações incomodam governos “ cheios de boas intenções” . Como a estrada que conduz ao inferno , é de boas intenções pavimentadas , um povo culto, informado e com grito entalado na garganta , sem o saber , espera apenas por uma gota dágua para gritar e deixar de se tornar invisível.

Em pleno mês de Junho , “da copa à cozinha” deste país , jovens de 8 a 80 anos , de espírito vivo , saem a protestar contra tudo que estava entalado e amordaçado nestes anos de “ democracia “artificialmente criada pelos governantes e seus sócios. Naturalmente estruturado a partir das mídias sociais como o facebook , em tempo real foram se encontrando aqueles que têm fome e sede de justiça e eis que de repente , como sarampo , explodem gritos silenciosos em todos os pontos deste continente . Destaque fica para a “ Revolta do Vinagre” , como ficou conhecida a concentração pacífica de 100 mil criaturas corajosas e pensantes ,.na maravilhosa cidade do Rio de Janeiro , sem medo de ter medo , e sentindo que a união faria a força ,não esperaram acontecer, fizeram história.

Falando nisso , a Revolução Francesa , que de tão importante separou a idade moderna da contemporânea , teve como um dos protagonistas o aumento do preço do pão , culminando no dia 14 de Julho de 1789 , com a tomada da Bastilha pelo expoliado povo francês .De volta pro futuro de nossos dias , os meios de comunicação , comprometidos com o “status quo” anunciavam repetidamente que o povo se organizava para protestar, desde o dia 14 de Julho de 2013 ,contra o aumento de vinte centavos de real no preço da passagem.Mas omitiram outros protestos como a violência urbana , a corrupção galopante ,o cerceamento do poder investigativo do ministério público (Pec 37) ,a falta de transparência em licitações , o superfaturamento astronômico das assim chamadas “ obras da copa” beirando 33 bilhões de reais , quando mal entregaram os estádios reformados sem nenhuma infra-estrutura digna …

Na festa do anúncio da copa , em 30 de Outubro de 2007 só se falava em investimentos de modernização de aeroportos, escolas, hospitais , estradas, trem-bala e similares dignos de ficção-científica num país definido como “não-sério” , segundo reza a lenda , proferida pelo premier francês Charles de Gualle.É claro que um povo festivo como o nosso adorou a idéia de hospedar a copa do mundo de futebol, o esporte nacional.É claro que um povo hospitaleiro como o nosso adorou a idéia de receber irmãos de outras terras como visitantes .É claro que um povo pacífico como o nosso aspirava por uma nova época , ainda mais em pleno crescimento econômico.Mas de sonhos se acorda e paciência tem limites , mesmo em brasileiros.

O que se viu de lá para cá foram escândalos políticos , desrespeito às leis , fisiologismo dos poderes , impunidade sobre impunidade…ficou difícil nadar no mar de lama . A gota d’agua talvez foram os vinte centavos. Mas não é só isso , fome no campo ,( numa terra em que se plantando tudo dá) , analfabetismo puro ou funcional nas novas gerações (talvez um povo culto incomode quem governa) , abandono do Estado das novas gerações ( o marginal que ceifa vidas hoje foi a criança abandonada de ontem) , tudo isso e muito mais .

Como na década da ditadura ,canta-se hoje Chico Buarque : “Pai afasta de mim este cale-se…de vinho tinto de sangue!”. O povo não quer mais ficar calado. Coincidentemente , exatos 224 anos nos separam da Revolução Francesa…mas a revolução verde-amarela é pacífica, ordeira , de boa-vontade ( mais do que boas-intenções) . Claro que no ensaio evolutivo há uma minoria não representativa de vândalos que aproveita do movimento popular para “ se fazer”…não merecem nem ser mencionados, embora sejam aproveitados pelos governantes para exemplificar um movimento ilegítimo ( mas não o foram o” diretas já” e o “fora collor”) .

Me lembrei de Jesus e pensei o que faria ele em meu lugar. Certamente ele teria uma postura inimaginável , inquestionável e politicamente correta …porém para mim insondável , já que sei que “seu reino não é deste mundo” . Como este mundo material , de provas e expiações por enquanto é meu mundo , onde devo trabalhar, transformar pacificamente utilizando meus conhecimentos técnicos e morais para favorecer eticamente as futuras gerações , oro ao Pai Celestial que nos dê discernimento e sabedoria para agir com não- violência , mansidão e prudência , denunciando o erro e anunciando a solução em prol de um mundo de regeneração.Em nome de minha consciência eu rogo “Pai , afasta de mim este cale-se…de vinho tinto de sangue!”

A Doutrina Espírita é a doutrina de libertação das consciências . É a tentativa do Plano Espiritual em curar a anestesia ou indolência das almas. Não somos espíritas para autodeleite ou autoconsolo ou ainda auto-ilusão de que evoluiremos porque lemos as recomendações ou somos iniciados nos segredos da vida e da morte…somos convidados a marchar em socorro aos nossos irmãos oprimidos por quaisquer formas e motivos que atrapalhem o progresso espiritual.

Fome, miséria e injustiça… é um dever moral nosso em combater.Ficar orando ou estudando nos templos enquanto o chamado de socorro e transformação pacífica bate à nossa porta e nós fingimos que não é conosco é omissão de socorro. Como espíritas temos que agir pacificamente como agiu Gandhi…que não era espírita. Omissão de socorro é crime e muito será cobrado a quem muito foi dado…

No preambulo de “Obras Póstumas” , o insigne codificador francês adverte que “Não basta colocar  apenas uma camada de verniz na corrupção, é preciso extirpa-la…É pela educação , mais ainda do que pela instrução , que se transformará  a humanidade.”…Se mentes conscientes e participativas da sociedade se engajarem com instrução, amor e principalmente ação exemplar ilibada e honrada , este mundo de regeneração não fique para um futuro, e sim para muito breve .Esta é a missão de um espírita engajado.

Lembremos que o mundo de regeneração não cairá dos céus…virá de nossas mãos!

Paz Profunda!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Errar é Humano , Perdoar é Divino

03abril20130315aImagine um jovem cheio de energia de viver e de sonhos quanto ao futuro ver repetinamente seu futuro ser improvisado em consequência de ato irresponsável de outro ser humano ,imaturo e inconsequente. As emoções de ódio, rebeldia e desejo de vingança seriam uma resposta natural … mas nem todas as pessoas pertencem ao mundo natural , de natureza animal.

Muitos estão em marcha para uma natureza mais refinada , de qualidade nobre e superior. O perdão é o primeiro sentimento que assemelha o homem de Deus , que é amor. Dai para frente é levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima, pois a vida continua. A raiva e vingança são malas sem alças que devemos aprender a deixar para o passado e para a justiça divina…

Devemos nos preparar mais para vôos mais altos. Jesus afirma que quem quiser ser seu discípulo deverá renunciar ao “si mesmo” (ego) , carregar sua cruz ( de deveres e obrigações) e enfim segui-lo (imitá-lo psicologicamente e em ações). Somos todos convidados…

Mas qual a origem da raiva que dificulta nosso perdão?

Quase sempre é o amor desmedido ,iludido e mal dimensionado por nós mesmos .Este egoísmo ou filáucia , faz parecer que somos as criaturas mais importantes do Universo e que não podemos sofrer qualquer mácula ou arranhão em nossa imagem.

Esta desordem psico-espiritual dificulta vera a verdade como verdade , isto é, que estamos num mundo onde habitam seres humanos complexos de variados tons de cinza espiritual e com poucos tons de branco (santos) ou negro (psicopatas) .

Nós mesmo , temos um humor que respeita uma ciclotimia estafante:num período do dia estamos motivados, noutro arrasados. Num momento do dia queremos fazer todo o bem possível , noutro deixamos de evitar o mal impulsivo.

Não conseguimos ver o agressor como alguém sem condições normais de razão e sensibilidade e que deveríamos ajudar da melhor forma possível , seja a figura de um colega de trabalho , vizinho , parente ou desconhecido.

Não conseguimos , também , nos libertar do lodo que nos prende ao charco das experiências. Como pássaro de asas paralíticas não conseguimos alçar vôo às alturas porque a Vaidade, Orgulho e Egoismo não permitem. E ainda que Jesus nos dissesse “ VOE!” , não voaríamos porque estamos mentalmente presos a outro VOE (Vaidade, Orgulho , Egoísmo). A escolha de soltar o fardo pesado e alçar o infinito é exclusivamente nossa.

Para isso nascemos, para aprendermos a nos libertar daquilo que nos aprisiona…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Fraternidade sim , Violência Não…

Um novo papa  sobe para  assumir a cruz de  Pedro. De cabeça para baixo , o novo papa Francisco , assume  o papel de Pai de todo o mundo da Mãe Igreja Católica Apostólica Romana. Contrariando o antigo jargão de que ” Jamais um Jesuíta seria Papa” , o papa jesuíta , de tradição humilde e a serviço do povo  passará  a moldar  o pensamento  e defender as tradições da igreja , sua doutrina  e posições de fé. Isso é um direito e é o que caracteriza  a Igreja  Católica desde sua  origem…mas prenuncia mudanças positivas no horizonte interreligioso: ” São Francisco de Assis está na moda”.

Ao mesmo tempo , esperando alguns segundos  no telejornal , ouvimos a sequência de notícia sobre jovem ciclista que teve o braço amputado  por umoutro  jovem motorista , provavelmente alcoolizado, que teria03abril20130314 , para se livrar , sabe-se lá de que , jogado o braço amputado num córrego ao lado. Após  atragédia , foi socorrido samaritana e franciscanamente  por outro jovem que presta-lhe os primeiros socorros. Três jovens  envlvidos num horrendo roteiro da vida real…Esta semana outro  ser humano, tocado pela tragédia pessoal daquele, oferece franciscanamente uma prótese  em substituição ao membro ausente…o amor não está morto.

Reflexão que fica:  baseando-se no exemplo  acima , que fazemos nós de mais  além de respirar  e acumular moedas de prata para dar ao leão  do imposto e  aos caprichos da vida moderna? Que atitude  fraterna negamos aos nossos irmãos de casa ou de convívio? Se  nossa atitude diária não trabalha para a fraternidade, trabalha a favor dos instrumentos de violência. Não somos cartas vivas do cristo, nem sal da terra nem luz do mundo.

Para que servimos senão para sermos jogados ao chão da experiência dolorosa que amadurece  e sermos pisados pelos pés da lei de ação e reação.

Estamos  fazendo , a cada instante , uma escolha : fraternidade ou violência.

Se não conseguimos seguir os passos de Jesus , por acreditamos sermos mui grande a distância que separa o covarde do herói , tentemos seguir os passos de Francisco de Assis, mais próximo da experiência humana …aos poucos chegaremos a ter alegria de nos sentirmos menos “lolo de homens” e mais  humanos , domando a fera interior.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A Morte De Um Homem…

Por que a morte anunciada de um homem comove tanto?

Por que a morte anunciada de um homem comove tanto?

A Venezuela  está de luto. Morre seu grande lider idolatrado!

Apesar de ter sido uma crônica de uma morte anunciada , a comoção é grande porque não morreu apenas  um homem. Não voltou à pátria espiritual mais  um “reformador”. Morre um símbolo de esperança para milhões …”o pai dos pobres e dos simples”.Mas seria só isso?

Porém ,  com o devido respeito,  em nosso subcosnciente , nós não respeitamos , não valorizamos ou percebemos o ritual do existir…”tudo que um dia nasce , um dia há de partir”. No caso de um líder político , com uma grave doença , deveríamos estar conformados e consolados pelo preparo que o tempo forneceu.Mas não! Muitos em choro copioso  externam emoções mais fortes do que adimiração , empatia  ou similaridade ideológica.

A morte de um único homem nos lembra a finitude de nossa própria existência… e justamente por isso temos mêdo.

Temos medo de pensar no desconhecido ou mal reconhecido fenômeno da morte , de pensarmos em compromissos ( a maioria só deseja gozar o bônus , sem pensar no ônus da existência , nas suas responsabilidades). Queremos nos envolver com a vida  , não nos comprometermos…dá trabalho.

Quem se lembra nesta hora do exemplo redivivo de Jesus ao voltar dos braços da morte e afirmar  que a vida continua  e que somente seu corpo pereceu? E mais que isso  , que não tivessemos medo , que venceríamos também a morte ilusória dos sentidos.

Enquanto isso, de volta ao teatro das sombras e luzes do existir  da dimensão material,  valeria nos perguntar:

Como foi o nosso dia hoje , desde o momento em que abrimos os olhos? Produtivo, construtivo , cooperativo? Ou foi um dia de competição , de caça ao leão de cada dia?Nossa consciência esta limpa como lente cristalina ou  está ” devendo no atacado e no varejo”?

Muita calma nesta hora , filhos de Deus…

Caminheiro , não há caminhos…o caminho se faz ao caminhar ( não lembro quem disse).

Mas lembremos que a ampulheta do tempo está virada e  a areia do tempo corre contra nós.

Semeadores…semeiem enquanto podemos , de preferência boas sementes  e boas escolhas ,boas decisões.

Se nosso espinho na carne é mágoa, perdoemos…se ofendemos alguém peçamos perdão…corramos embusca do tempo perdido e da lição esquecida.

A melodia da vida já nos mostrou a direção de volta à casa do Pai. Depende de nós o combate ao orgulho , vaidade e egoísmo.

Ou então escolhamos nos divertir com as pérolas falsas do existir  e envelheçamos com o poder temporal em nossas mãos , semelhante ao toque de midas ,  prejudicando a nossa vida , futuro  e aprendizado.

Reis nasceram , reis morreram , mas apenas  um deles , o mais humilde  e servo de todos, mostrou o caminho para a felicidade( quem não sabe disso?).

Não nos apegemos  ao corpo, aos postos , às aparências…trabalhemos no laboratório interior transformando o chumbo das imperfeições  em ouro espiritual. Ainda há tempo…

Um segundo pode revolucionar uma vida…

Bom comate , enquanto temos fôlego de vida para combater…talvez esta noite, ao fecharmos os olhos nos peçam nossa alma.E o que ofereceremos?

Enquanto isso  , nossas preces  a Hugo Cháves  e a todos os outros irmãos anônimos que hoje  voltaram  para a Universidade da Vida Maior…

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Cuidado com Sua Forma de Trabalhar…

FuncionarioDoMes

http://migre.me/cYVlu

Vivemos num mundo em transformações , disto todos sabemos.Que as distrações e oportunidades estão ao alcance de um dedo num tablet ou celular, ninguém dúvida. Mas que o pensamento que prepondera em qualquer agrupamento social é o de ” Deus por todos e cada um por si “, todos têm certeza.

Em decorrência , percebemos empresas investindo funcionários para produzir mais em menos tempo para prestar um serviço muitas vezes aquém do que se é pago. Temos um mercado em competição autofágica para ver quem é mais esperto nas combinações de resultados. Os mais adaptados passam para a fase seguinte e os menos adaptados , são engolidos.

Quando este pensamento ocorre num profissional autônomo , seria diferente? Quando não igual  , é bem pior , pois a atividade de resultados rola solta diretamente proporcional à criatividade de propósitos. Só o próprio bem estar pessoal justifica os meios de agir para atingir-se o fim da autosatisfação…

Este é o mundo em que vivemos.Porém, engana-se quem acredita poder trapacear com as leis espirituais ainda que bem motivado a dar soluções para sua família , amigos ou a si mesmo( racionalizando que primeiro vem o eu e depois os meus  , por fim os outros).

Das leis de Deus não se zomba. Tudo aquilo que o homem plantar , haverá de colher.

Investir na carreira para progredir é investir primordialmente em habilidfades técnicas sem esqueçer dos valores éticos , morais e espirituais , pois o acúmulo destes valores não sofre a ameaça da chuva , do tempo , das intempéries , das oscilações de mercado , dos humores da economia .  São permanentes como as rochas.

Por isso , da próxima vez em que se sinta atraído pela idéia da preguiça , da omissão , da negligência , da imperícia ou do “jeitinho” , pense que pode ser que naquele instante você esteja sendo o juiz que está decretando a própria sentença condenatória, da qual só sairá da cadeia quando pagar o último centavo.

O “script” da próxima reencarnação talvez esteja sendo corrompido numa ação de hoje…

Corrija-a , enquanto há tempo…

O resultado de seu envolvimento poucos vão ver; o resultado do seu comprometimento, você verá ;o resultado do seu engajamento , todos verão e a soiedade crescerá graças a ela.

Se há quem enforque o trabalho,ou quem  faça palavras-cruzadas ,ou teatralize preocupação com o usuário dos serviços , um lembrete; na hora  do julgamento da consciência a sinceridade da ação será o advogado incansável.

Não seja seu inimigo,  cresça espiritualmente se dedicando ao próximo também profissionalmente…quem  acolhe o menor com amor, me acolhe ,é o que diz o Senhor Jesus. O oposto também é verdadeiro.

****

Se você desejar fazer um comentário deste ou de qualquer assunto , deste ou de outro mundo ,escreva-nos para webmaster@terraespiritual.org  .Se seu comentário for escolhido , o publicaremos com alegria , citando sua autoria.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário